barra-surf

Cliff Diving estreia-se no feminino

f2 hpÉ um momento histórico, cumpridas que estão 31 etapas do Red Bull Cliff Diving World Series desde 2009. A estreia do setor feminino acontece já no próximo fim-de-semana (14 julho) em Malcesine, Itália, com quatro atletas de três países a saltarem nas margens do lago Garda, a partir de uma altura de 20 metros.

Gary Hunt lidera o ranking masculino, seguido de perto por Artem Silchenko.

A digressão europeia do Red Bull Cliff Diving World Series prossegue já no próximo fim-de-semana (14 julho) com o regresso ao emblemático castelo de Scaliger - em Malcesine, Itália, junto às margens do famoso lago Garda. É precisamente neste cenário inspirador, por onde passaram grandes artistas e escritores como Gustav Klimt e Goethe, que se vai concretizar mais um marco na história do circuito criado em 2009. Depois de 31 etapas disputadas à volta do mundo, chegou finalmente o momento de alargar a competição ao setor feminino!

Esta é uma experiência pontual que poderá abrir caminho para uma presença futura mais regular e vai contar com a participação de quatro atletas de três países: Anna Bader (Alemanha), Ginger Huber (EUA), Stephanie de Lima (Canadá) e Tara Hyer (EUA). A competição feminina irá decorrer separadamente da masculina, com três rondas de saltos a partir de uma altura de 20 metros.

Conhecido como um dos grandes centros desportivos de Itália no que respeita às atividades náuticas e de natureza, o lago Garda foi escolhido em 2011 para integrar o Red Bull Cliff Diving World Series - recuperando assim uma tradição de saltos para a água de grande altura que vinha já desde os anos 80 do século passado.

Em termos de campeonato, e depois de uma etapa emocionante nos Açores, a liderança está nas mãos do britânico Gary Hunt. Ainda com mais de meia época por cumprir há um vasto lote de candidatos que podem aspirar ao título de 2013, com destaque para o russo Artem Silchenko e para o colombiano Orlando Duque.