barra-vela.jpg

Vendée Globe aproxima-se do Indico

ven1 hpUm trio de veleiros com o inglês Alex Thomson no “Hugo Boss” à frente, seguido pelos franceses Armel Le Cléach, no “Banque Populaire VIII” e Sébastian Joss no “Edmond de Rothschild”, estão a aproximar-se da entrada para o Oceano Índico que devem passar o Cabo da Boa Esperança na sexta-feira de manhã, dia 25.
Entretanto Vincent Riou, no “PRB”, que se encontrava apenas a 60 milhas de distância de Alex Thomson, com avarias graves abandonou a prova e seguiu para a Cidade do Cabo.
O líder da regata apanhou ventos do setor de North West e conseguiu a velocidade máxima de 22 nós. Os dois perseguidores estão a 112 milhas o “Banque Populaire” e 223 milhas o “Edmond de Rothschild”. Mais atrás a 403 milhas presegue os da frente Morgan Lagraviere, que comanda o “Safran”.
Os que apostaram aproximar-se da costa do Brasil, sofreram sem vento, mas estão agora a sentir o cheiro de uma brisa de oeste nas costas, provocada por uma perturbação brasileira e aproximar-se dos da frente, à distância de 1.700 milhas, são eles Jean-Pierre Dick , no”Virbac-StMichel”, Jean Le Cam, no “Finistère Sea Wind” e Thomas Ruyant, no “Le Souffle du Nord”.