Regata Meo Madeira

funchalSete embarcações vão participar este sábado na Regata MEO Madeira – Desertas, 5ª prova da Taça da Madeira de Cruzeiros, que é também a competição mais antiga que o Clube Naval do Funchal (CNF) organiza com início em 1954.
Um percurso de 29 milhas com largada na baía do Caniçal às 10.30 horas, rondagem de bóia nas ilhas Desertas e respetivo regresso. “Uma regata que proporciona grandes momentos desta modalidade e com imagens fantásticas ao longo da área protegida da Ponta de São Lourenço e da Reserva das Ilhas Desertas”, sublinhou a presidente do Clube Naval do Funchal Mafalda Freitas na apresentação do evento que teve lugar esta sexta-feira, na marina do Funchal.
Para a dirigente “ao longo das décadas, esta tornou-se muito mais do que uma simples competição: é um momento de singular convívio não apenas entre velejadores mas também entre alguns dos nossos parceiros”, reforçou a principal responsável pelo CNF.
Este sábado marca também a realização do III Troféu Miguel Viveiros na baía do Funchal destinado à vela ligeira e na qual vão competir nove distintas classes. A largada está prevista para as 15 horas, sendo que a entrega de prémios vai ter lugar no posto náutico de São Lázaro a partir das 18 horas.
 
Embarcações inscritas na VI Regata MEO com um total de 33 tripulantes:
Funchalinho (Clube Naval do Porto Santo - skipper João Sousa)
Red Ruth (Iate Clube Quinta do Lorde - skipper Peter Baxter)
Ayé (Clube Naval do Funchal - skipper Sérgio Jesus)
Bombay (Centro Treino Mar - skipper André Abreu)
Medeta (Associação Náutica da Madeira - skipper Phillipe Staeli)
Frederica Devonia (Clube Naval do Funchal - skipper Martim Cardoso)
Aquaholic (Clube Naval do Seixal - skipper Rui Jorge Velosa)