barra-vela.jpg

Parceria em nome da inclusão social

1 protocolo hpO Clube Naval do Funchal e a Associação dos Amigos das Pessoas com Necessidades Especiais da Madeira celebraram recentemente  uma parceria com o objetivo de fomentar iniciativas potenciadoras de Inclusão Educativa e Social das Pessoas com Necessidades
Especiais.

No fundo, tratou-se da renovação de um protocolo que, ao longo de 2013, deu frutos junto do desenvolvimento da prática da vela adaptada no Naval. O documento, assinado pelas presidentes das duas instituições, Mafalda Freitas e Ana Sousa, é válido por 10 meses e permitirá, para além do apoio às actividades de desporto adaptado do Naval, garantir aquisição de equipamentos, nomeadamente coletes, velas, e vestuário para os atletas, bem como suportar despesas inerentes ao transporte específico destes praticantes.
O desporto adaptado no Naval desenvolve-se na vela, canoagem, natação, mergulho e, brevemente, no judo. As ações, regulares e pontuais, são realizadas em sintonia com os Centros de Atividades Ocupacionais do Funchal, sendo contabilizadas 400 idas ao mar anuais.
Anualmente, o Naval leva a cabo duas iniciativas, na Calheta e em Machico, junto dos CAO’s das respetivas zonas. No que respeita à vela adaptada, o Naval conta este ano participar novamente no Campeonato Nacional da Classe Access 2.3, que este ano terá lugar nos Açores, para o qual serão apurados os dois melhores classificados da competição regional.