barra-vela1.jpg

Bernardo Freitas suspende projeto olímpico

bernardo hpBernardo Freitas solicitou junto da Federação Portuguesa de Vela e o Comité Olímpico de Portugal a suspensão do Projeto “Jogos Olímpicos Rio De Janeiro 2016” e respetivo subsidio por tempo indefinido, estando neste momento sem qualquer tipo de apoio do Estado.

Depois do histórico resultado em Setembro na Red Bull Youth America’s Cup ao leme da ROFF Cascais Sailing Team e de toda a experiência acumulada, o jovem velejador ambiciona agora um lugar na elite da vela mundial. As opções de Bernardo Freitas centram-se neste momento numa candidatura à próxima edição da Volvo Ocean Race, mas também à possível integração numa equipa do circuito Extreme Sailing Series 2014, entre outros grandes circuitos.

O velejador explica:  "Não foi um decisão fácil, foi bastante ponderada mas tinha de ser tomada desta forma. Decidi assim arriscar e  dar um passo em frente. Entro assim numa nova fase da minha carreira de velejador, ficam guardados grandes momentos e uma enorme experiência. O próximo objetivo é realmente tentar estar presente nas grandes equipas e circuitos da elite da vela mundial. 

Bernardo não deixa de lado as questões do treino e competição individual, estando neste momento a equacionar montar uma campanha individual na classe "Moth" para 2014. “Estes barcos para além de serem o futuro da vela poderão vir a estar nos Jogos Olímpicos num futuro próximo, para mim será uma boa oportunidade de treinar e evoluir como velejador, assim como me obriga a estar bem fisicamente e preparado para novos desafios.