barra-nautica.jpg

Bodyboard Pro Tour 2012: Manuel Centeno e Catarina Sousa campeões nacionais em Carcavelos

 hpCarcavelos ditou os campeões nacionais do Bodyboard Pro Tour 2012, Manuel Centeno e Catarina Sousa que venceram a derradeira etapa do circuito que terminou no passado dia 22 de Dezembro.


Na luta pelo título Open, Manuel Centeno e Hugo Pinheiro travaram um duelo épico, o mais renhido de um historial riquíssimo entre os dois melhores bodyboarders competitivos dos últimos 10 anos em Portugal, com Centeno a sair por cima ao eliminar o amigo e rival na meia-final e ganhar a etapa, condição obrigatória para ganhar este troféu, já que Pinheiro chegou a Carcavelos líder do "ranking", com alguma vantagem.
De facto, tudo foi decidido na última bateria, entre Manuel Centeno e o local de
Carcavelos, João Barciela. O bodyboarder do Porto estava obrigado a vencer a etapa, já que Hugo Pinheiro foi o atleta mais regular do Bodyboard Pro Tour 2012 com dois segundos lugares e dois terceiros.
Pelo caminho, o frente a frente entre Centeno e Pinheiro aconteceu nas meias-finais, com Centeno a vencer 16,75 contra 14,95, numa troca de manobras (ARS) em que o arquitecto nortenho acabou por levar a melhor.
Na final, apesar da excelente réplica de João Barciela, Centeno voltou a ser superior e conquistou aquele que assume como "o título mais difícil" da sua carreira:
"É estranho: Estou eufórico com a vitória, mas, ao mesmo tempo, triste pelo Hugo Pinheiro. Sinto que ele merecia este título pela regularidade que demonstrou ao longo do circuito, mas, por outro lado, este título deixa-me imensamente feliz pela dificuldade que lhe ficou associada. Comecei mal a temporada, pouco focado e com pouco ritmo, mas acabei por compensar na recta final", disse, quase em desabafo, Manuel Centeno, o agora hexacampeão nacional de 32 anos.

 

Catarina rainha de Carcavelos
Na competição feminina, Catarina Sousa conquistou, também ela, o sexto título nacional de bodyboard, ao bater a candidata Marta Fernandes na meia-final deste Carcavelos Pro (11,6 contra 9,9), indo depois, já como campeã, vencer a algarvia Joana Schenker na final (14,75 contra 12,25).
No final, a satisfação por parte de Catarina era evidente:
"Vencer o sexto título nacional aqui, na minha praia, numa bateria com uma das minhas melhores amigas é ouro sobre azul. Este título foi mais saboroso porque este ano foi evidente uma evolução no nível técnico do bodyboard feminino, especialmente nesta etapa."
O Bodyboard Pro Tour encerrou de maneira oficial com uma gala na discoteca Main em Lisboa, com jantar para convidados mas a festa foi de acesso livre a partir da meia-noite.
Entre os distinguidos desta gala, que pretendeu celebrar as figuras da modalidade em 2012, esteve também o francês campeão mundial, Pierre Louis Costes.