barra surf

Secretário de Estado da Juventude e Desporto visita Federação Portuguesa de Surf

fps hpNa visita de João Paulo Rebelo, Secretário de Estado da Juventude e Desporto, no passado dia 8 de Fevereiro, à Federação Portuguesa de Surf (FPS) em Carcavelos, foi focado o Surf na estratégia para os Jogos Olímpicos 2020.
O Secretário de Estado visitou pela primeira vez a FPS, no Cascais Surf Center, em Carcavelos. Durante a primeira apresentação de trabalhos respetivos ao novo ano, foram discutidos os grandes desafios que a FPS enfrenta na dinamização das modalidades e a importância da integração do surf e do skate no programa dos Jogos Olímpicos 2020, para a afirmação das modalidades e dos atletas portugueses no mundo do desporto. 
A FPS esteve, pela primeira vez, reunida com o Secretário de Estado da Juventude e Desporto, para apresentar a agenda que poderá clamar e reafirmar o nome de Portugal no panorama do surf. 
Depois de um período marcado por grandes conquistas e troféus, de que foi exemplo o EuroJunior 2017, o título de Vice-Campeão do Mundo Open nos ISA World Surfing Games ou ainda a conquista do SUP Wave, a FPS quer voltar a ver as suas modalidades a brilhar e prepara-se para a nova época com confiança, mas, ainda assim, com alguns constrangimentos em cima da mesa. 
Segundo João Aranha, Presidente da FPS, as verbas disponíveis continuam a ser um dos grandes entraves já que se verifica “um forte desequilíbrio entre as conquistas obtidas e o orçamento disponível para a entidade”. Esta foi, aliás, uma das grandes questões discutidas com o governante, a par da integração do surf e do skate no programa oficial dos Jogos Olímpicos de 2020. “Os Jogos Olímpicos vão trazer novas perspetivas e desafios às carreiras dos atletas e, acima de tudo, será uma excelente oportunidade para o surf e o skate chegarem a mais público e captarem mais adeptos para estas modalidades em franco crescimento tanto a nível nacional como internacional”, afirma o presidente.
O desafio olímpico é, deste modo, a prioridade da Federação Portuguesa de Surf para os próximos tempos, não descurando a importância de uma boa prestação dos atletas nas diferentes competições das várias modalidades que tutela, que serão disputadas ao longo do ano.