barra surf

MINI Triple Crown regressa no Montepio Peniche Pro by Rip Curl

cartazmontepio hpA quarta etapa da Liga MOCHE 2013, o Montepio Peniche Pro by Rip Curl, que se realiza em Peniche, de 28 a 30 de Junho, marca também o regresso da MINI Triple Crown à acção, naquela que é a maior competição do surf nacional.


Esta será a segunda etapa a contar para esse troféu especial dentro da Liga MOCHE, que atribui o usufruto de um automóvel MINI aos melhores atletas masculino e feminino no cômputo geral de três das suas etapas, nomeadamente as provas do Porto, Peniche e Cascais.
Frederico Morais e Teresa Bonvalot lideram neste momento essa competição, graças às suas vitórias na etapa do Porto, mas Vasco Ribeiro, Miguel Blanco e Tomás Fernandes, no masculino, e Maria Abecasis, Keshia Eyre e Camilla Kemp, no feminino, são também fortes candidatos ao usufruto do MINI em 2014.
Tomás Fernandes vem inspirado de uma vitória na etapa anterior da Liga MOCHE e não quer perder o ritmo conquistado. “Estou ciente do valor dos meus adversários e do regresso de alguns dos lesionados que não puderam competir na Ericeira, mas agora também sei que sou capaz de vencer, por isso vou dar o meu melhor e esperar que tudo volte a correr bem. É claro que gostava de ser campeão nacional, mas o meu objectivo para este ano é terminar no Top 5, por isso vou fazer por me manter nessa posição, bem como confirmar um lugar para o MOCHE Wildcards. A conquista da MINI Triple Crown seria perfeito, pois vou fazer 18 anos em Janeiro e assim já teria um automóvel para me poder deslocar,” afirma o actual segundo classificado no ranking nacional.
Também Carina Duarte, vencedora da terceira etapa, se mostra motivada para o Montepio Peniche Pro by Rip Curl. “Depois de um início de ano menos bom, sinto que o trabalho todo que tenho feito está a dar resultados. Espero que as ondas estejam boas, pois vou para Peniche confiante no meu surf e no que sou capaz de fazer,” adianta a ex-campeã nacional.
O Montepio Peniche Pro by Rip Curl realiza-se de 28 a 30 de Junho e conta com um prize-money de 10.500€, um valor que ultrapassa o dobro do montante oferecido no ano passado, num total de 55.000€ para as cinco etapas da Liga MOCHE.
Em todas as etapas realiza-se ainda a Malibu Expression Session, uma competição especial da Liga MOCHE, onde os atletas são premiados pelas suas melhores manobras, ao invés de utilizar o formato tradicional.
Apenas para os atletas masculinos, está também em jogo um lugar no Top 10 do MOCHE Wild Cards, uma competição especial que, em cada etapa, contabiliza a melhor onda dos últimos 16 atletas em prova e define dez vagas para o campeonato de triagens que atribui um wildcard no MOCHE Pro Portugal presented by Rip Curl, a única etapa do principal circuito mundial de surf que se realiza em Portugal, em Outubro deste ano, precisamente entre Peniche e Cascais. José Ferreira encontra-se neste momento à frente deste ranking, seguido por Tomás Fernandes, Vasco Ribeiro, Ruben Gonzalez, Frederico Morais, Francisco Alves, Miguel Blanco, Marlon Lipke, Eduardo Fernandes e João Guedes.