barra-surf

Artem Silchenko é o novo Campeão do Red Bull Cliff Diving

f3tailandia hpEmbora desde sempre se tenha destacado pelas suas qualidades técnicas, Artem Silchenko não ia mais longe por falta de consistência. Este ano tudo foi diferente e desde o início da época que o russo deixou bem claro o seu potencial.

O título do Red Bull Cliff Diving World Series, conquistado após a vitória da derradeira etapa disputada no sul da Tailândia, foi assim uma justa recompensa para o saltador que veio do frio.

Foi num ambiente verdadeiramente paradisíaco, com águas azul-turquesa a rondarem os 28 graus centígrados, que os 14 melhores saltadores do planeta se despediram da época de 2013 do Red Bull Cliff Diving World Series. Constituindo uma estreia absoluta, a ação esteve repartida entre as ilhas Phi Phi e a ilha de Hong - o extremo sul da Tailândia - num cenário de sonho que foi imortalizado no cinema graças às aventuras do célebre agente secreto 007.

Um pouco à semelhança do que aconteceu nos Açores, por onde o circuito passou em junho, esta derradeira etapa foi apenas presenciada por algumas centenas de espectadores numa exclusiva plateia de barcos. O interesse competitivo desta jornada não poda ser mais alto, com a disputa do título entre o britânico Gary Hunt - vencedor nas últimas três épocas - e o russo Artem Silchenko.

O russo de 29 anos começou com o pé direito a temporada de 2013, ao vencer as duas primeiras etapas em França e na Dinamarca. No entanto, esse domínio inicial acabou por não ser a regra nas seguintes paragens do mundial - dando assim espaço para Gary Hunt começar a sonhar com o Tetra. Na Tailândia apenas a vitória interessava a Silchenko e foi isso mesmo que acabou por conseguir de uma forma implacável, usando uma das mais poderosas armas do seu “arsenal”: o salto invertido com duas rotações e meia, dois mortais e meio e uma entrada cega na água. O resultado deste último salto garantiu-lhe não só a vitória na etapa como também o seu primeiro título mundial e ainda um pequeno “doce” para o ego - a mais alta pontuação de sempre de um único salto!

“Ainda me custa acreditar nesta vitória, as emoções são tantas que é difícil exprimir o que sinto. Apenas sei que sou o melhor de 2013 e que concretizei um sonho que nasceu em 2006, quando me iniciei neste desporto. Trabalhei muito para este momento e consegui!” - eis o estado de espírito do mais recente Campeão do Red Bull Cliff Diving World Series.

Depois de uma prestação algo decepcionante (um modesto quarto lugar na etapa), o britânico Gary Hunt teve de se contentar com o segundo lugar no ranking, à frente de outra lenda da modalidade - o colombiano Orlando Duque.

Cai assim o pano da quinta época do Red Bull Cliff Diving World Series, uma temporada extremamente variada no que toca às localizações das etapas - que oscilaram entre a mais pura natureza e o coração de cidades como Boston ou Copenhaga. Um périplo seguido de perto por mais de 150 mil espectadores que promete ter continuidade em 2014, com os oito melhores atletas de 2013 a garantirem automaticamente a sua qualificação. As restantes duas vagas por preencher bem como o calendário de 2014 serão anunciados até ao final do ano.  

                         

RESULTADOS APÓS 8 ETAPAS
1. Artem Silchenko  RUS  | 1030 pontos
2. Gary Hunt  UK     | 980 pts
3. Orlando Duque COL  | 860 pts
4. Jonathan Paredes MEX  | 600 pts
5. David Colturi EUA  | 520 pts
5. Michal Navratil CZE  | 520 pts
5. Steven LoBue EUA  | 520 pts
8. Blake Aldridge GB  | 380 pts
9. Matt Cowen GB  | 236 pts
10. Anatoly Shabotenko UKR  | 200 pts

 

CALENDÁRIO | 2013
RED BULL CLIFF DIVING WORLD SERIES
24-25/05  | França
21-22/06 | Dinamarca
28-29/06 | Portugal
13-14/07 | Itália
24-25/08 | E.U.A.
13-14/09 | Reino Unido
27-28/09 | Brasil
21-26/10 | Tailândia