barra-surf

Regresso à lagoa azul em Gales

cliffdiving gales hpCom a disputa do título ainda em aberto e pelo menos três candidatos em destaque, a sexta etapa do Red Bull Cliff Diving World Series promete grandes emoções no regresso à Lagoa Azul do País de Gales.

O britânico Gary Hunt joga em casa a sua permanência na liderança, sendo certa a forte oposição do russo Artem Silchenko e do colombiano Orlando Duque.

A quinta edição do Red Bull Cliff Diving World Series está a revelar-se uma das mais disputadas de sempre e depois de cumprido mais de metade do calendário há ainda pelo menos três candidatos com hipóteses de chegar ao título. A sexta etapa assinala o regresso do circuito ao Velho Continente, depois de uma marcante passagem pelos Estados Unidos da América (Boston) onde o veterano Orlando Duque venceu e convenceu, assumindo a sua ambição de reconquistar o título que alcançou uma única vez na sua já longa carreira.

Considerado pelos especialistas como o mais tecnicista em prova, o britânico Gary Hunt detém ainda assim uma confortável vantagem sobre o colombiano: “Estou muito entusiasmado por poder competir em casa e quero superar o terceiro lugar que obtive no ano passado”. Hunt é sem dúvida o mais destacado dos atletas da casa, uma pequena armada que integra ainda o estreante Mat Cowen e o antigo atleta olímpico Blake Aldridge.

A competição está agendada para o próximo sábado (14 de setembro) e decorre numa zona rural próxima de St. David, Pembrokeshire, uma das mais pequenas cidades europeias, com uma população de apenas 1.800 habitantes. A plataforma vai ser montada a 27,5 metros de altura sobre os rochedos circulares que envolvem a Lagoa Azul.

 

FOTO: Dean Treml | Red Bull Contentpool