André Domingues Campeão Nacional de Pesca Submarina

s1 hpAndré Domingues já vencedor das duas primeiras jornadas, conquistou as duas últimas do Campeonato Nacional de Elite de Pesca Submarina que foram disputadas, nos passados dias 27 e 28 de Julho, na Nazaré, e juntou mais um título de Campeão Nacional individual, evidenciando uma boa forma física neste regresso à competição.

A organização da prova esteve a cargo da Federação Portuguesa de Actividades Subaquáticas e contou com o apoio do Clube Naval da Nazaré.
O Campeonato Nacional de Elite deste ano, disputado com o apoio de embarcações, foi composto por duas jornadas em Cascais e duas na Nazaré, participaram no total das quatro jornadas 31 atletas, dos quais 7 individuais e os restantes em representação de 9 clubes.
O ponto de concentração para as duas últimas jornadas foi no Clube Naval da Nazaré, pelas 9h30, junto à Marina, onde tiveram lugar as reuniões de delegados antes do inicio das provas para apresentação das zonas de competição, passar avisos sobre segurança, indicações sobre o controlo antidopagem, interdições, locais de concentração e horários.
Cada jornada teve a duração de cinco horas, o vento soprou predominantemente do quadrante Sul, a temperatura da água atingiu os 19ºC, a visibilidade situou-se entre os 2 e 5 metros, em diversas zonas era quase nula. No Domingo o vento era mais fraco e as condições de mar melhoraram, mas a prova foi realizada em metade da zona definida porque a água a Sul continuava sem visibilidade.
No Sábado, a prova realizou-se na zona mais a Sul, deste o “Autocarro” (a Sul da baía de São Martinho do Porto) até à “Foz do Arelho” e no Domingo a prova decorreu na zona mais a Norte, desde o “Salgado” até à zona do “Autocarro”, com os atletas a concentrarem-se nas zonas de água mais aberta, nomeadamente, no “Salgado” e no “Facho”.
Em ambas as jornadas os atletas posicionaram-se mais encostados à costa, com o mar a apresentar bastante força de fundo e a rebentação a arrancar para terra algumas bóias de atletas com os respectivos enfiões. No entanto foi possível apresentar uma boa variedade de capturas, a maioria dos atletas privilegiou a diversidade para conseguirem as bonificações por espécies, nomeadamente, de tainhas e salemas, sargos, bodiões, robalos, safios, moreias e pampos.
A classificação dos três primeiros foi a seguinte:
Individual
1º André Domingues, individual; 2º Pedro Domingues, O.O. Marina Cascais 3º Jordy Lot, Portisub-Mares
Clubes
1º Clube PescaSub; 2º G.D.C.A. Porto de Sines; 3º O.O. Marina Cascais