barra-nautica

Vanguard DR640 Diving e Yamaha F115B fazem excelente parceria

diving hpTestámos duas novidades no passado dia 15 de Maio ao largo de Cascais, o Yamaha F115B montado no semirrígido Vanguard DR640 Diving, que mostraram excelentes performances e um desempenho bastante adequado ao mar.
(Leia o Notícias do Mar nº 330 onde o teste completo será publicado)

A Yamaha Motor Portugal, para a apresentação à imprensa especializada e aos concessionários do seu último e sofisticado motor, montou a sua base no Clube Naval de Cascais..
O barco que serviu de teste a esta apresentação, foi o Vanguard DR640 Diving, um semirrígido do novo estaleiro nacional Vanguard Marine, de Vila Nova da Cerveira.
Com a experiência de largos anos na construção dos semirrígidos e dominando perfeitamente as tecnologias das colagens a quente ou a frio, a Vanguard Marine fabrica, com pequena diferença de preços, os flutuadores em PVC, Poliuretano ou em Neoprene/csm e constrói as embarcações à medida de cada cliente.
Presentemente a Vanguard Marine constrói a Draken Series com quatro tamanhos, DR400, DR500, DR640 e DR760. Trata-se de uma série de embarcações com uma filosofia prática e económica, com o interior open, desimpedido e sem porões, com os quais desenvolve as versões Basic, Club, Rescue, Diving e Charter.

 

Vanguard DR640 Diving
Este modelo tinha os flutuadores em PVC.
O barco foi equipado com a consola de condução central e um banco do piloto com encosto alto para a condução de pé.
Da consola até à proa, a coberta está toda desimpedida, característica que agrada a muitos pescadores para ali colocarem uma geleira para guardar o peixe.
Na proa está colado um cabeçote com mordedor do cabo e cunho de amarração. Em baixo encontra-se um espaço para o ferro e palamenta.
Na zona de entrada dos mergulhadores, os flutuadores têm reforço antiderrapante e fixada uma linha de cabos no interior e outra no exterior, para facilitar os mergulhadores a entrar no barco. Por fora, o verdugo em borracha é duplo.
A consola de condução é alta, tem um pára-brisas em acrílico protegido por um corrimão em aço inox e um compartimento para arrumar equipamentos ou palamenta, com portas estanques à frente e atrás.
O banco encosto do piloto tem também um compartimento com porta estanque. O banco tem um corrimão em aço inox em cima atrás, para um ou dois passageiros se agarrarem na posição de pé.
O sistema de auto-escoamento é simples e eficaz com uma “tromba de elefante”.
O barco tem um depósito incorporado de 130 litros, com a entrada do combustível à frente.
Fixado na popa, este modelo tinha um arco de luzes robusto em aço inox.

 

Motor Yamaha F115B
O Yamaha F115B pertence à nova geração de motores da marca que coloca mais potência num maior número de tipo de embarcações, com um motor mais avançado tecnologicamente, mais leve, mais económico, consegue maiores performances e com um manuseamento mais fácil para os seus condutores.
O bloco motor do F115B tem 1.832 cm3 de cilindrada, 4 cilindros em linha, 16 válvulas e dupla árvore de cames à cabeça (DOHC) e, com o peso de apenas 173 Kg, é mais leve 13Kg do que o F115A e pesa menos que os da concorrência. 
O novo F115B beneficia igualmente de outros avanços recentes electrónicos e tecnológicos Yamaha, tais como:
Ajuste variável das rpm que controla as rpm precisamente em passos de 50 rpm entre as 600 e as 1.000 rpm, para a pesca ao corrico.
O exclusivo sistema de Protecção Anti-Roubo Yamaha (YCOP), com o botão no comando remoto.
Nova série de hélices em alumínio Talon Series e o sistema de amortecimento para reduzir a vibração e o ruído, tornando este novo motor mais silencioso e suave a navegar.
O opcional Sistema Digital em Rede.
A Injecção electrónica de combustível multiponto e controlo por computador ECM,
O F115B tem um design concebido para uma manutenção mais fácil.

No teste confirmou-se uma boa parceria
O mar em Cascais no dia do teste estava calmo e sem vento e permitiu que fizesse-mos todas as medições de velocidade.
O casco do Vanguard 640 tem um V bastante profundo e os flutuadores atrás apoiam-se bem na água. No arranque, o poder de aceleração do Yamaha F115B colocou o barco a planar em 1,80 segundos.
No teste de aceleração até às 5.000 rpm, que atingimos em apenas 4,66 segundos o barco fez 21,1 nós. No teste de velocidade máxima, levámos o motor até às 5.900 rpm e atingimos os 35 nós.
No ensaio de velocidade mínima a planar navegámos apenas 9 nós com o motor às 2.800 rpm.
Apesar de calmo, o mar tinha alguma agitação e deu para ver que o V do casco cortava bem a água sem bater e proporcionou conforto a navegar. Também graças ao V, o Vanguard 640 Diving é um barco muito seguro a curvar, adornando até apoiar o flutuador na água.
A navegar o piloto tem uma posição de condução confortável de pé encostado.
Em conclusão, o Vanguard 640 Diving é um semirrígido de características profissionais e prático, adequado para as escolas de mergulho e para os pescadores, tanto submarinos como à linha. 

 

Características Técnicas
Comprimento                         6,40 m
Boca                                      2,50 m
Dimensões interiores               5,25 m x 1,40 m
Diâmetro do flutuador              0,55 m
Número de compartimentos      5
Peso                                       512 Kg
Lotação                                   12
Carga máxima                         1.745 Kg
Depósito de combustível           130 L
Potência máxima                      150 HP
Motor                                      Yamaha F115BETX
Preço barco/motor s/IVA           24.330 €

Fabricante e Distribuidor
Vanguard Marine
Vila Nova da Cerveira
Tel.: 251 709 144  Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
www.vanguard-boats.com

 

Yamaha Motor Portugal
Rua Alfredo da Silva, nº 10 
2610-016 Alfragide
Tel.: 21 47 22 100 www.yamaha-motor.pt