barra-nautica

Teste Sirius 560 Cabin com Yamaha F70

sirius560 hpO Sirius 560 Cabin que testámos na Ria de Aveiro equipado com o Yamaha F70, mostrou-nos como o estaleiro Obe desenvolveu um projecto abrangente, para ir ao encontro do interesse do maior número de clientes, com uma embarcação muito polivalente tanto para os passeios familiares como para os pescadores.

  

A Obe&Carmen é uma empresa com mais de 30 anos de experiência na construção de embarcações em fibra, tanto destinadas ao recreio como para a pesca profissional.
A imagem da marca tem-se implantando como de embarcações construídas por processos rigorosos, com robustez e qualidade.

Sirius 560 Cabin

O Sirius 560 Cabin é uma embarcação do tipo familiar, com um design moderno, onde sobressai o posto de pilotagem com um pára-brisas em vidro acrílico esverdiado e arredondado, que amplia a elegância do barco. É um barco largo e robusto para uma lotação de seis pessoas.
São vários os pontos polivalentes neste barco, como a cabina que tem um banco em U no interior, dispõe de 1,30 m de pé direito junto à entrada e permite duas pessoas acomodarem-se à-vontade dentro e dormirem. A cabina tem um albóio no tecto para arejamento e entrada de luz e à entrada tem uma porta em vidro acrílico.
Outro elemento versátil, é o banco corrido de quatro lugares na popa, que tem as extremidades amovíveis para permitir que os pescadores tenham mais espaço desimpedido, ficando ainda espaço para duas pessoas se sentarem. Ao centro deste banco existe um compartimento com tampa para arrumar palamenta.
O piloto dispõe de um banco individual, regulável e giratório, e tem ainda um apoio de pés em aço inox que permite uma posição adequada e confortável para conduzir sentado.
O pára-brisas é alto e protege bem o piloto da deslocação do ar em andamento.
Para os pescadores, existe na parede a bombordo do posto de pilotagem um compartimento com porta estanque e no interior tem gavetas para guardar amostras linhas e anzóis. Para arrumo de equipamentos, existe na parede do poço uma prateleira de cada lado e outra ainda junto ao posto de pilotagem.
O Sirius 560 Cabin dispõe também à popa de dois porta canas.
Dispondo de uma altura interior da borda com 65 cm, os pescadores movimentam-se com bastante segurança junto à borda.
Para os pescadores guardarem o peixe, o barco tem um largo porão a meio do poço, onde cabe um açafate.

Motor Yamaha F70
O Yamaha F70 é um motor que foi desenvolvido com uma potência e um tipo de características, para permitir muito bem a motorização de uma grande variedade e tipo de embarcações.
Trata-se de um motor compacto, de 4 cilindros em linha, com 996 cm3 de cilindrada, o qual, com apenas 120 Kg, é o mais leve 70 HP do mercado, mesmo comparando com motores a 2 tempos.
Tem um simples veio de árvore de cames à cabeça (SOHC), em vez do clássico duplo veio de árvore de cames. Este desenho, altamente invulgar, permite introduzir maiores válvulas de admissão e escape, e contribui para uma maior eficiência volumétrica, reduz o peso e as perdas por atrito,
O motor incorpora o sistema de injecção electrónica de combustível que aumenta ainda mais a eficácia do motor e dispõe de um microcomputador que controla a eficiência da injecção.
Para a pesca ao corrico e velocidades baixas o motor tem controlo e variação de rpm ao ralenti. É compatível com os novos Manómetros do Sistema Digital em Rede Yamaha
Tem também o sistema Y-COP, o sistema Yamaha de proteção anti-roubo, com um imobilizador por controlo remoto.

 

Artigo completo no Notícias do Mar nº312, disponível online