barra-nautica.jpg

Surpresas latino-americanas nos Açores

1 vencedoresNo encerramento da segunda etapa de 2017 do Red Bull Cliff Diving World Series a festa foi latino-americana. O desfecho das finais disputadas no passado fim- de- semana (8 e 9 de julho),no ilhéu de Vila Franca do Campo, nos Açores, contou com a primeira vitória no circuito para a mexicana Adriana Jimenez e o regresso ao topo do colombiano Orlando Duque, que não vencia há quatro anos.
Os lugares de honra foram encerrados, respetivamente, pelo norte-americano Steven LoBue e pelo britânico Gary Hunt. Este último mantém a liderança do ranking do Red Bull Cliff Diving World Series 2017, com uma escassa vantagem sobre Duque. 
Os resultados também foram inesperados nos femininos, com a mexicana Adriana Jimenez a conquistar a primeira vitória da sua carreira no circuito mundial. O pódio ficou completo com a australiana Helena Merten e a alemã Anna Bader. Já no que respeita às contas do título, a australiana Rhiannan Iffland mantém-se no comando. 
Marta Guerreiro, Secretária Regional da Energia, Ambiente e Turismo do Governo dos Açores, confirmou no encerramento da etapa a continuidade da competição por terras açorianas em 2018. 
Depois dos Açores, o Red Bull Cliff Diving World Series viaja dentro de duas semanas (22/23 julho) até Itália, para a terceira etapa na estância balnear de Polignano a Mare. 
 
FOTO: Dean Treml | Red Bull Content Poll

Mar em Português em debate nos Jerónimos