barra-pesca.jpg

Red Bull Cliff Diving arranca na Colômbia

1 hunt hpA época de 2015 do Red Bull Cliff Diving World Series arrancou este fim-de-semana em Cartagena, na Colômbia, com os melhores atletas do mundo a mostrarem manobras de cortar a respiração em ambiente urbano.
Numa competição intensa, o atual Campeão do Mundo dominou, deixando no entanto espaço para algum brilho do herói local Orlando Duque. A ação foi seguida por mais de 30 mil espectadores.  
A sexta época do Red Bull Cliff Diving World Series arrancou no último fim-de-semana em Cartagena, na costa colombiana, proporcionando aos melhores atletas do mundo um arranque inédito em ambiente urbano. O Centro de Congressos desta cidade foi assim transformado para receber a plataforma de 27 metros de altura a partir da qual se realizaram os mais complexos e criativos saltos. 
Com mais de 30 mil espectadores a assistir, a festa celebrou não apenas a estreia da competição nestas paragens mas também o carisma de uma lenda viva da modalidade. Orlando Duque, de 41 anos, dispensa apresentações e contou desta vez com uma motivação extra que acabou por dar os seus frutos: sem conseguir lutar pela vitória, acabou num motivador terceiro lugar que representa uma das suas melhores estreias dos últimos anos. 
No final os louros foram para o britânico Gary Hunt, o Tetra Campeão do Mundo que continua imparável no que respeita ao nível de dificuldade e perfeição dos seus saltos. 
O norte-americano David Culturi esteve também em destaque com o segundo lugar do pódio graças à sua melhor prestação de sempre no circuito: “Sinto-me agora no topo do mundo e acho que esta vai ser a minha época”. 
A próxima etapa do Red Bull Cliff Diving World Series viaja até La Rochelle (França) em meados de maio. Portugal continua no mapa, com a competição a regressar ao ilhéu de Vila Franca do Campo (Açores) em julho.
 
Foto: Fabio Piva Red Bull Contentpool

Mar em Português em debate nos Jerónimos